ENTRE... LIVROS

Dezembro 11 2017

Mantemos a tradição com a nossa árvore de natal de livros.

árvore natal.jpg

natal BE.jpg

publicado por Biblioteca às 15:10
Tags:

Dezembro 04 2017

O Pinheiro de Natal

pinheiroConta a história que na noite de Natal, junto ao presépio, se encontravam três árvores: Uma tamareira, uma oliveira e um pinheiro. As três árvores ao verem Jesus nascer, quiseram oferecer-lhe um presente. A oliveira foi a primeira a oferecer, dando ao menino Jesus as suas azeitonas. A tamareira, logo a seguir, ofereceu-lhe as suas doces tâmaras. Mas o pinheiro como não tinha nada para oferecer, ficou muito infeliz.

As estrelas do céu, vendo a tristeza do pinheiro, que nada tinha para dar ao menino Jesus, decidiram descer e pousar sobre os seus galhos, iluminando e adornando o pinheiro que assim se ofereceu ao menino Jesus.

A Lenda dos Reis Magos

Reis Magos  Conta a Lenda que, vindos do Oriente, três Reis Magos, Melchior, Gaspar e Baltazar, seguiram a Estrela de Belém, que os levou até ao menino Jesus. Os Magos, ao saber que se tratava do nascimento de um rei, tinham perguntado ao Rei Herodes sobre Ele. O Rei Herodes, que de nada sabia, pediu aos Reis Magos que assim que O encontrassem, o informassem sobre o local do nascimento, de modo a poder também ele visitá-Lo. É claro que a intenção de Herodes era ver-se livre desse novo Rei, pois considerava-O uma ameaça.

Os três Reis Magos ao encontrarem o Menino Jesus, celebraram com júbilo o Seu nascimento oferecendo-Lhe Ouro, Incenso e Mirra, e venerando-O como Rei dos Judeus.

Os Reis Magos não voltaram a estar com o Rei Herodes, após serem alertados em sonhos, da intenção deste em matar Jesus.

 A Lenda da Vela de Natal

vela.pngEra uma vez um pobre sapateiro que vivia numa cabana, na encruzilhada de um caminho, perto de um pequeno e humilde povoado. Como era um homem bom e queria ajudar os viajantes, que à noite por ali passavam, deixava na janela da sua casa, uma vela acesa todas as noites, de modo a guiá-los. E apesar da doença e a fome, nunca deixou de acender a sua vela. Veio então uma grande guerra, e todos os jovens partiram, deixando a cidade ainda mais pobre e triste. As pessoas do povoado ao verem a persistência daquele pobre sapateiro, que continuava a viver a sua vida cheio de esperança e bondade, decidiram imitá-lo e, naquela noite, que era a véspera de Natal, todos acederam uma vela em suas casas, iluminando todo o povoado. À meia-noite, os sinos da igreja começaram a tocar, anunciando a boa notícia: a guerra tinha acabado e os jovens regressavam às suas casas!

Todos gritaram: “É um milagre! É o milagre das velas!”. A partir daquele dia, acender uma vela tornou-se tradição em quase todos os povos, na véspera de Natal.

publicado por Biblioteca às 18:38
Tags:

Novembro 28 2017

DIDC4.jpg

DC2.png

DC3.png

 

DIDC6.jpg

DIDC5.jpg

DC7.png

DC5.png

 

DC9.png

DC10.png

publicado por Biblioteca às 15:48

Novembro 20 2017

Um dia especial para as crianças, pelas crianças!

DCEDH.png

Celebra-se hoje o Dia Mundial dos Direitos da Criança. 


Em 20 de Novembro de 1989, as Nações Unidas adoptaram por unanimidade a Convenção sobre os Direitos da Criança (CDC), documento que enuncia um amplo conjunto de direitos fundamentais – os direitos civis e políticos, e também os direitos económicos, sociais e culturais – de todas as crianças, bem como as respectivas disposições para que sejam aplicados. 

Este tratado internacional é um importante instrumento legal devido ao seu carácter universal e tembém pelo facto de ter sido ratificado pela quase totalidade dos Estados do mundo (192). Apenas dois países, os Estados Unidos da América e a Somália, ainda não ratificaram a Convenção sobre os Direitos da Criança.


Portugal ratificou a Convenção em 21 de Setembro de 1990.

A Convenção assenta em quatro pilares fundamentais que estão relacionados com todos os outros
direitos das crianças:


• a não discriminação, que significa que todas as crianças têm o direito de desenvolver todo o seu potencial 
todas as crianças, em todas as circunstâncias, em qualquer momento, em qualquer parte do mundo.

• o interesse superior da criança deve ser uma consideração prioritária em todas as acções e decisões que
lhe digam respeito.

• a sobrevivência e desenvolvimento sublinha a importância vital da garantia de acesso a serviços básicos e à igualdade de oportunidades para que as crianças possam desenvolver-se plenamente.

• a opinião da criança que significa que a voz das crianças deve ser ouvida e tida em conta em todos os assuntos que se relacionem com os seus direitos.

A Convenção contém 54 artigos, que podem ser divididos em quatro categorias de direitos:


• os direitos à sobrevivência (ex. o direito a cuidados adequados)
• os direitos relativos ao desenvolvimento 
(ex. o direito à educação)
• os direitos relativos à protecção 
(ex. o direito de ser protegida contra a exploração)
• os direitos de participação
 (ex. o direito de exprimir a sua própria opinião)

 

Houve agora "Imagine" de John Lennon (UNICEF: World Version)

 

publicado por Biblioteca às 08:56

Novembro 15 2017

Um dia especial para as crianças, pelas crianças 

No dia 20 de Novembro – aniversário da Convenção da ONU sobre os Direitos da Criança – as crianças irão fazer ouvir as suas vozes em solidariedade para com as crianças mais desfavorecidas e vulneráveis do mundo.

 Crianças e jovens de todo o mundo unem-se para ajudar a proteger a vida de crianças, lutar pelos seus direitos e para as ajudar a desenvolver o seu potencial máximo.

 É um dia divertido com uma mensagem séria, no qual as crianças irão “assumir” papéis de grande visibilidade nas escolas, nos media, na política, no mundo dos negócios, no desporto e no entretenimento para chamar a atenção para os desafios mais prementes que a sua geração enfrenta.

publicado por Biblioteca às 15:42

Novembro 13 2017

Literacia 3 Di.png

Os alunos do 7º1 da Escola Básica e Secundária D. João V, através de uma iniciativa da Biblioteca Escolar,  vão  participar pela primeira vez no desafio Literacia 3Di, uma iniciativa da Porto Editora que decorre ao longo do ano letivo 2017/2018 em três fases – local, distrital e nacional – e que avalia a literacia dos alunos portugueses em provas semelhantes a avaliações internacionais, realizadas através da plataforma online Escola Virtual. A nova edição do LITERACIA 3Di vai avaliar competências de Matemática, Ciência, Leitura e Inglês.

No presente  ano  participamos apenas na Literacia da leitura dirigida aos alunos do 7º ano.

A partir do dia  20 novembro, os alunos do 7.º ano, já previamente inscritos, vão testar as suas competências e os melhor classificados serão apurados para a fase distrital que decorre em fevereiro e março de 2018. Este desafio nacional culmina no dia 11 de maio, com a final no Pavilhão do Conhecimento – Ciência Viva, em Lisboa.

Na 1.ª fase os alunos irão realizar as provas nos computadores da Biblioteca Escolar, em data e horário a afixar.

Todas as informações sobre o desafio pelo conhecimento estão disponíveis em www.literacia3d.pt

Pode consultar aqui o regulamento.

publicado por Biblioteca às 18:31

Outubro 31 2017

Foi assim o Halloween aqui na Biblioteca!

bruxinha leitora.jpg

 

2.jpg

H3.jpg

H2.jpg

H4.jpg

H8.jpg

publicado por Biblioteca às 21:28

Outubro 27 2017

cartaz halloween.jpg

 Esperamos por ti para uma sessão de leituras mágicas!

publicado por Biblioteca às 19:08

Outubro 13 2017

MêsIinternacional da Biblioteca Escolar 2017.jpg

O concurso de ideias “Ligando comunidades e culturas” é a iniciativa que a RBE lança este ano para assinalar o mês internacional da biblioteca escolar (MIBE). O seu objetivo principal é fomentar um debate em torno do tema. Desse debate surgirão as ideias-chave e as estratégias para que a biblioteca se apresente como o lugar onde se ligam comunidades e culturas.

Até 3 de novembro, os alunos são desafiados a refletir, a pôr a sua criatividade em ação e a apresentar uma ideia. O desafio consiste na criação de um jogo original que permita aos utilizadores da biblioteca abordar a temática proposta para o MIBE, de uma forma aliciante e lúdica. Os participantes deverão seguir com rigor o estipulado no regulamento. À ideia vencedora será atribuído o prémio Teresa Calçada.

Além deste desafio, as bibliotecas devem também aproveitar as propostas da IASL que constam da página dedicada ao ISLM (International School Library Month): Skype project; Bookmark Exchange Project; GiggleIT e partilha de atividades (What people are doing for ISLM).

Consulta aqui o regulamento do concurso

Se estiveres interessado vai à biblioteca falar com a professora bibliotecária.

Esperamos por ti! Participa!

publicado por Biblioteca às 14:00

Outubro 13 2017

O dia 11 de outubro foi instituído, em 2011, como o Dia Internacional das Raparigas, através da Resolução 66/170, da Assembleia Geral das Nações Unidas, com o intuito de promover uma maior consciência relativamente à situação das raparigas em todo o mundo, de forma a tentar quebrar o ciclo de discriminação e violência e promover a proteção dos seus direitos.

Freedom - International Day of the Girl

 Dia Internacional da Rapariga 2017

publicado por Biblioteca às 13:46

Outubro 10 2017

Kazuo-Ishiguro_nobel-literatura-2017.jpg

O Nobel da Literatura 2017, foi atribuído ao escritor nipo-britânico Kazuo Ishiguro,  pela “grande força emocional dos seus romances” e que “revelam o abismo sob o nosso ilusório sentido de conexão com o mundo”.

Ishighuro é autor de obras como “Nunca me Deixes”, “Quando Éramos Orfãos” e “O Gigante Enterrado”.

publicado por Biblioteca às 18:55

Outubro 10 2017

livro do mês de outubro.jpg

 Sinopse

Félix Ventura escolheu um estranho ofício: vende passados falsos. Os seus clientes - prósperos empresários, políticos, generais, enfim, a emergente burguesia angolana - têm o futuro assegurado. Falta-lhes, porém, um bom passado. Félix fabrica-lhes uma genealogia de luxo e memórias felizes, e consegue-lhes os retratos dos ancestrais ilustres. 
A vida corre-lhe bem. Uma noite entra-lhe em casa, em Luanda, um misterioso estrangeiro à procura de uma identidade angolana. Então, numa vertigem, o passado irrompe pelo presente e o impossível começa a acontecer. Sátira feroz, mas divertida e bem-humorada, à atual sociedade angolana, O Vendedor de Passados é também (ou principalmente) uma reflexão sobre a construção da memória e os seus equívocos.

publicado por Biblioteca às 18:15

Outubro 02 2017

cartaz MIBE.jpg 1.jpg

Esperamos por ti!

publicado por Biblioteca às 18:25

Setembro 22 2017

 

outono.gif

Aqui fica a CANÇÃO DE OUTONO de Cecília Meireles:

 

Perdoa-me, folha seca,

não posso cuidar de ti.

Vim para amar neste mundo,

e até do amor me perdi.

 

De que serviu tecer flores

pelas areias do chão,

se havia gente dormindo

sobre o próprio coração?

 

E não pude levantá-la!

Choro pelo que não fiz.

E pela minha fraqueza

é que sou triste e infeliz.

 

Perdoa-me, folha seca!

Meus olhos sem força estão

velando e rogando àqueles

que não se levantarão…

 

Tu és a folha de outono

voante pelo jardim.

Deixo-te a minha saudade

– a melhor parte de mim.

Certa de que tudo é vão.

Que tudo é menos que o vento,

menos que as folhas do chão…

 

publicado por Biblioteca às 20:16
Tags:

Setembro 15 2017

regresso.png

A equipa da biblioteca escolar, dá as boas-vindas à comunidade escolar. A todos um BOM ANO LETIVO! Um ano de SUCESSO com a BIBLIOTECA!

“Uma biblioteca é uma casa onde cabe toda a gente.”

 Mafalda Milhões

publicado por Biblioteca às 16:36

Blog da Biblioteca da Escola Secundária c/ 2º e 3º Ciclos D.João V
Dezembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Recursos Educativos Digitais
DIIGO
pesquisar
 
Professora bibliotecária
Joana Generoso
Professora responsável pelo blog
Joana Generoso
subscrever feeds