ENTRE... LIVROS

Abril 25 2012

Comemora-se hoje o 38º aniversário da revolução do 25 de Abril.

Vamos recordar esse dia.

 

publicado por Biblioteca às 08:04

Abril 23 2012

                              Livro, um companheiro  indispensável                               

 Aqui ficam estes bonitos poemas sobre os livros e a leitura.

 

Um livro

 

Levou-me um livro em viagem
não sei por onde é que andei
Corri o Alasca, o deserto
andei com o sultão no Brunei?

P’ra falar verdade, não sei.

Com um livro
cruzei o mar,

não sei com quem naveguei.

Com marinheiros, corsários,
tremendo de febres e medo?
P’ra falar verdade não sei.

Um livro levou-me p’ra longe  
não sei por onde é que andei.

Por cidades devastadas
no meio da fome e da guerra?
P’ra falar verdade não sei.

Um livro levou-me com ele
até  ao coração de alguém

E aí me enamorei -
de uns olhos ou de uns cabelos?
P’ra falar verdade não sei.

Um livro num passe de mágica
tocou-me com o seu feitiço:

Deu-me a paz e deu-me a guerra,
mostrou-me as faces do homem
– porque um livro é tudo isso.

Levou-me um livro com ele
pelo mundo a passear

Não me perdi nem me achei
– porque um livro é afinal…
um pouco da vida, bem sei.

 

O G é um gato enroscado, João Pedro Mésseder

 

Os livros

 

Apetece-me chamar-lhes irmãos,
tê-los ao colo
afagá-los com as mãos
abri-los de par em par
ver o Pinóquio a rir
e o D.Quixote a sonhar
e a Alice do outro lado
do espelho a inventar
um mundo de assombros
que dá gosto visitar.
Apetece chamar-lhes irmãos
e deixar brilhar os olhos
nas páginas das duas mãos


(José Jorge Letria)

 

O homem que lê 

Eu lia há
muito. Desde que esta tarde

com o seu
ruído de chuva chegou às janelas.


Abstraí-me
do vento lá fora:

o meu livro
era difícil.


Olhei as
suas páginas como rostos

que se
ensombram pela profunda reflexão

e em redor
da minha leitura parava o tempo.


De repente
sobre as páginas lançou-se uma luz

e em vez da
tímida confusão de palavras

estava:
tarde, tarde… em todas elas.


Não olho
ainda para fora, mas rasgam-se já

E quando
agora levantar os olhos deste livro,

nada será
estranho, tudo grande.


Aí fora
existe o que vivo dentro de mim

e aqui e
mais além nada tem fronteiras;


apenas me
entreteço mais ainda com ele

quando o meu
olhar se adapta às coisas


e à grave
simplicidade das multidões,

então a
terra cresce acima de si mesma.


E parece que
abarca todo o céu:

a primeira
estrela é como a última casa.

 

 Livro das Imagens,  Rainer Maria Rilke  

     

Ler


Ler sempre.
Ler muito.
Ler “quase tudo”.
Ler com os olhos, os ouvidos, com o tacto, pelos poros e demais sentidos.
Ler com razão e sensibilidade.
Ler desejos, o tempo, o som do silêncio e do vento.
Ler imagens, paisagens, viagens.
Ler verdades e mentiras.
Ler o fracasso, o sucesso, o ilegível, o impensável, as entrelinhas.
Ler na escola, em casa, no campo, na estrada, em qualquer lugar.
Ler a vida e a morte.
Saber ser leitor, tendo o direito de saber ler.
Ler simplesmente ler.

 

Edith Chacon Theodoro

publicado por Biblioteca às 09:19

Abril 22 2012

Hoje, 22 de Abril, celebra-se o Dia Mundial da Terra. 

Em 1970, o senador norte-americano Gaylord Nelson resolveu realizar um protesto contra a poluição da Terra,

depois de constatar as terríveis consequências do desastre petrolífero de Santa Barbara, na Califórnia,

ocorrido no ano anterior.

O movimento alastrou e, hoje, este dia celebra-se em todo o mundo.

publicado por Biblioteca às 09:47

Abril 21 2012

 

publicado por Biblioteca às 09:11

Abril 20 2012

Um dominó muito oportuno para este mês de Abril,

mês em que se assinala

o Dia Mundial do Livro 

publicado por Biblioteca às 09:47

Abril 19 2012

 

 

No âmbito das comemorações do Dia Internacional do Livro Infantil - 2 de abril

e do dia Mundial do Livro -23 de abril,

as Bibliotecas Municipais de Lisboa realizam a 2ª Arruada da Leitura.
Pretende chamar a atenção para a importância da leitura, da literacia e das
bibliotecas, enquanto espaços de investigação, estudo, informação, partilha e
de repouso.
 

Consulte aqui o programa

http://culturadeborla.blogs.sapo.pt/947770.html

publicado por Biblioteca às 18:25

Abril 18 2012

Divirta-se com esta interessante brincadeira de livros.

 

 

The Joy of de Books - Brincadeira de livros

 

publicado por Biblioteca às 18:56

Abril 16 2012
publicado por Biblioteca às 16:04

Abril 02 2012

 

Sinopse:

O leitor é levado a percorrer múltiplos caminhos, entre os mitos e a História, a realidade e o desejo, a literatura e as artes plásticas, o passado e o presente, as relações entre homens e mulheres, a crise civilizacional e a necessidade de repensar o mundo.

A Autora:

Teolinda Gersão nasceu em Coimbra, estudou Germanística e Anglística nas Universidades de Coimbra, Tuebingen e Berlim, foi Leitora de Português na Universidade Técnica de Berlim, docente na Faculdade de Letras de Lisboa e posteriormente professora catedrática da Universidade Nova de Lisboa, onde ensinou Literatura Alemã e Literatura Comparada até 1995.

A partir dessa data passou a dedicar-se exclusivamente à literatura. É autora de O silêncio (romance, Prémio Pen Club 1981), Paisagem com mulher e mar ao fundo (romance), Os guarda-chuvas cintilantes (diário ficcional), O cavalo de Sol (romance, Prémio Pen Club 1989), A casa da cabeça de cavalo (romance, Grande Prémio APE 1985; shortlisted para o Prémio Europeu de romance Aristeion), A árvore das palavras (romance), Os teclados (novela, Prémio da Associação Internacional dos Críticos Literários), Os anjos (novela), Histórias de ver e andar (contos, Grande Prémio do Conto Camilo Castelo Branco 2002), O mensageiro e outras histórias com anjos (contos), A mulher que prendeu a chuva (contos, Prémio Máxima de Literatura 2008, Prémio de Literatura da Fundação Inês de Castro 2008.

publicado por Biblioteca às 15:55

Blog da Biblioteca da Escola Básica e Secundária D.João V
Abril 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
17

24
26
27
28

29
30


arquivos

Outubro 2022

Setembro 2022

Julho 2022

Junho 2022

Abril 2022

Março 2022

Fevereiro 2022

Janeiro 2022

Dezembro 2021

Novembro 2021

Outubro 2021

Setembro 2021

Julho 2021

Junho 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Recursos Educativos Digitais
DIIGO
pesquisar
 
Professora bibliotecária
Joana Generoso
Professora responsável pelo blog
Joana Generoso
subscrever feeds