ENTRE... LIVROS

Dezembro 03 2012
 

Para assinalar os 150 anos da publicação do “ Amor de Perdição” de Camilo Castelo Branco, propomos para leitura do mês de dezembro esta obra emblemática do Romantismo português.

Podes lê-la aqui em formato digital. 

 

Para os mais novos está disponível na nossa biblioteca, uma versão adaptada por Pedro Teixeira Neves.

Sinopse

O Amor de Perdição conta-nos a história de Simão Botelho e Teresa de Albuquerque, dois jovens que pertencem a famílias distintas de Viseu. Entre ambos nasce um amor que são obrigados a calar, pois as suas famílias são rivais e tudo farão para os separar. Mas os amantes acabarão por mostrar através do mais dramático dos atos, que nada, nunca, destruirá o sentimento que os une.

A versão adaptada para os mais novos por Pedro Teixeira Neves, com ilustrações de Helena Simas começa assim:

"Vou contar-vos uma história muito bonita. É uma história de amor, de um amor muito, muito grande, tão grande que nunca morreu e a maior prova disso é que acabou em livro, este que agora vocês estão a ler e do qual decerto muito vão gostar. Isto, apesar de também ser um bocadinho triste, mas qual é a história de amor que, como a vida, não tem coisas boas e coisas más?"

 

O Autor

Camilo Castelo Branco, primeiro visconde de Correia Botelho, nasceu em Lisboa a 16 de Março de 1825 e morreu em São Miguel de Seide a 1 de Junho de 1890. Romancista, cronista, crítico, dramaturgo, historiador, poeta, tradutor, é um dos expoentes máximos do Romantismo em Portugal. Teve uma vida atribulada, passional e impulsiva; uma vida tipicamente romântica, que serviu de inspiração a alguns dos seus livros. Foi o primeiro escritor de língua portuguesa a viver exclusivamente da sua produção literária, que se traduziu em mais de duzentos e sessenta escritos. Morreu pela sua própria mão quando, em desespero devido a uma cegueira progressiva, desfere um fatal tiro de revólver na têmpora direita.

 

Obras
Mistérios de Lisboa (1854), Duas épocas na vida (1854), O livro negro do padre Dinis (1855), Vingança (1858), Carlota Ângela (1858), A morta (1860), O romance de um homem rico (1861), Amor de perdição (1862), Amor de salvação (1864), O olho de vidro (1866), O retrato de Ricardina (1868), A mulher fatal (1870), Doze casamentos felizes (1861), Estrelas funestas (1861), Estrelas propícias (1863), Coração, cabeça e estômago (1862).

 

PARA SABER MAIS

A Direção-Geral da Educação acaba de criar  um site (http://area.dge.mec.pt/camilo_castelo_branco/index.html) onde está a ser lançada uma fotonovela digital para assinalar os 150 anos da edição da obra. Trata-se de uma fotonovela dos tempos modernos que poderá ser acedida por alunos e professores.

publicado por Biblioteca às 09:50

Blog da Biblioteca da Escola Secundária c/ 2º e 3º Ciclos D.João V
Dezembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
13
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Recursos Educativos Digitais
DIIGO
pesquisar
 
Professora bibliotecária
Joana Generoso
Professora responsável pelo blog
Joana Generoso
subscrever feeds