ENTRE... LIVROS

Dezembro 05 2018

350x.jpg

SINOPSE

O primeiro amor de Billy Marvin foi um computador. Depois conheceu Mary Zalinsky. Estamos em 1987 e três adolescentes planeiam um roubo genial: a edição de maio da revista Playboy, com nus integrais da beldade mais apetecível da televisão. Para os jovens, a revista é como o Santo Graal: inestimável, mas impossível de alcançar.
Entre noites passadas a ver filmes, a ouvir música e a jogar computador, Billy, Alf e Clark concebem um plano arriscado: Billy deve tornar-se amigo de Mary Zelinsky, filha do dono da loja de conveniência, e assim conseguir acesso ao interior da loja e às revistas. Mas Mary não é uma adolescente normal: adora computadores, tem um grande sentido de humor e um coração ainda maior. E o que começa como um mero jogo para conquistar a confiança de Mary acaba no maior dilema da vida de Billy: dececionar a rapariga que pode ser o seu primeiro amor ou quebrar a promessa que fez aos seus melhores amigos?

O Autor

autor.jpg

Jason Rekulak nasceu e foi criado em New Jersey. É editor da Quirk Books.

publicado por Biblioteca às 09:24

Novembro 06 2018

Autor novembro.png

Sinopse

"E, depois de escutar a história de Umar, conviver com Safiya e conhecer aquele lado de Mustafa, convenceu-se mais ainda sobre isso. Afinal, eram pessoas com múltiplas emoções e perspetivas, todas elas diferentes, unificadas pela crença em Deus. E era esse o grande traço de separação, a crença."
Num mundo onde os valores morais são postos à prova diariamente, vive Fatumata, adolescente nascida e criada no seio de uma família de muçulmanos, cujas tradições lhe estão marcadas a ferro e fogo no corpo e que vê a sua inocência ser-lhe arrancada da alma, impotente. É na sua crença que vai encontrar a força para escolher um novo caminho para percorrer. Esta é a história do amor, da fé, da vontade e da perseverança, contada pela voz de alguém que acredita.

O Autor

Isaac Jaló é um jovem escritor, de 22 anos de idade,  identifica-se como um indivíduo que, através da arte, tenta advogar em prol de um mundo melhor. Alma Perdida foi o seu primeiro livro publicado.

publicado por Biblioteca às 12:47

Março 18 2018

livro de março.jpg

 Sinopse

Breve História do Tempo conduziu habilmente os não-cientistas de todo o mundo na busca contínua dos segredos escondidos no coração do tempo e do espaço. Esta edição mostra claramente o motivo pelo qual o eloquente clássico do professor Hawking transformou a nossa visão do universo.

O livro de Stephen Hawking tornou-se uma referência incontornável da divulgação científica em todo o mundo.

Escrito por um génio do nosso tempo de uma forma por vezes humorística, este é um excelente livro para quem perceber como o universo funciona e quais as leis que o "governam".

O autor

Físico teórico e matemático britânico, Stephen William Hawking nasceu a 8 de janeiro de 1942, em Oxford, precisamente 300 anos após a morte de Galileu, como o próprio costumava lembrar. Hawking dedicou-se à pesquisa e ao estudo da natureza do contínuo espaço-tempo e das anomalias que ali ocorrem - as singularidades.

No campo da cosmologia, dedicou-se particularmente, desde 1974, ao estudo dos buracos negros e ao comportamento da matéria nas suas vizinhanças; ao descobrir que aqueles emitiam radiações, formulou uma teoria, para explicar este facto, baseada no Princípio de Incerteza de Heisenberg, que resolve o problema relativo à termodinâmica dos buracos negros. 
Partindo de alguns pressupostos básicos e da Teoria da Relatividade Geral de Einstein, Stephen Hawking previu que o nosso Universo deverá ter começado com uma dessas singularidades em que as leis da física einsteiniana perdem a validade.
Uma das características que mais se destacaram no cientista foi a facilidade de exposição destes assuntos e teorias a audiências muito latas. O seu livro A Brief History of Time: From the Big Bang to Black Holes (1988, Breve História do Tempo) revelou-se o livro de divulgação científica mais vendido de sempre.
Em julho de 2004, na Conferência Internacional sobre Relatividade Geral e Gravitação, Stephen Hawking admitiu que a sua teoria sobre o desaparecimento da matéria nos buracos negros estava errada.
Faleceu em março de 2018 aos 76 anos.

publicado por Biblioteca às 16:46

Janeiro 03 2018

livro do mês de janeiro.jpg

 Sinopse

Na turbulenta Barcelona dos anos de 1920, um jovem escritor obcecado com um amor impossível recebe a proposta de um misterioso editor para escrever um livro como nunca existiu, em troca de uma fortuna e, talvez, de muito mais.
Com um estilo deslumbrante e impecável precisão narrativa, o autor de A Sombra do Vento transporta-nos de novo à Barcelona de o Cemitério dos Livros Esquecidos para nos oferecer uma aventura de intriga, romance e tragédia, através de um labirinto de segredos, onde o encantamento dos livros, a paixão e a amizade se conjugam num romance magistral.

 O Autor

Wook.pt - Carlos Ruiz Zafón

Carlos Ruiz Zafón nasceu em Barcelona em 1964. Inicia a sua carreira literária em 1993 com El Príncipe de la Niebla (Prémio Edebé), a que se seguem El Palacio de la MedianocheLas Luces de Septiembre (reunidos no volume La Trilogía de la Niebla) e Marina. Em 2001 publica A Sombra do Vento, que rapidamente se transforma num fenómeno literário internacional. Com O Jogo de Anjo (2008) regressa ao Cemitério dos Livros Esquecidos. As suas obras foram traduzidas em mais de quarenta línguas e conquistaram numerosos prémios e milhões de leitores nos cinco continentes. Actualmente, Carlos Ruiz Zafón reside em Los Angeles, onde trabalha nos seus romances, e colabora habitualmente com La Vanguardia e El País.

 

Obras disponíveis na biblioteca.

publicado por Biblioteca às 11:31

Outubro 10 2017

livro do mês de outubro.jpg

 Sinopse

Félix Ventura escolheu um estranho ofício: vende passados falsos. Os seus clientes - prósperos empresários, políticos, generais, enfim, a emergente burguesia angolana - têm o futuro assegurado. Falta-lhes, porém, um bom passado. Félix fabrica-lhes uma genealogia de luxo e memórias felizes, e consegue-lhes os retratos dos ancestrais ilustres. 
A vida corre-lhe bem. Uma noite entra-lhe em casa, em Luanda, um misterioso estrangeiro à procura de uma identidade angolana. Então, numa vertigem, o passado irrompe pelo presente e o impossível começa a acontecer. Sátira feroz, mas divertida e bem-humorada, à atual sociedade angolana, O Vendedor de Passados é também (ou principalmente) uma reflexão sobre a construção da memória e os seus equívocos.

publicado por Biblioteca às 18:15

Março 04 2017

livro março.jpg

 Sinopse

A Amiga Genial é a história de um encontro entre duas crianças de um bairro popular nos arredores de Nápoles e da sua amizade adolescente.
Elena conhece a sua amiga na primeira classe. Provêm ambas de famílias remediadas. O pai de Elena trabalha como porteiro na câmara municipal, o de Lila Cerullo é sapateiro.
Lila é bravia, sagaz, corajosa nas palavras e nas acções. Tem resposta pronta para tudo e age com uma determinação que a pacata e estudiosa Elena inveja.
Quando a desajeitada Lila se transforma numa adolescente que fascina os rapazes do bairro, Elena continua a procurar nela a sua inspiração.
O percurso de ambas separa-se quando, ao contrário de Lila, Elena continua os estudos liceais e Lila tem de lutar por si e pela sua família no bairro onde vive. Mas a sua amizade prossegue.
A Amiga Genial tem o andamento de uma grande narrativa popular, densa, veloz e desconcertante, ligeira e profunda, mostrando os conflitos familiares e amorosos numa sucessão de episódios que os leitores desejariam que nunca acabasse.

A autora

Elena Ferrante é o pseudónimo de uma escritora italiana, que mantém em segredo a sua identidade. Concede poucas entrevistas, todas elas por escrito e intermediadas pelos suas editoras italianas.
Uma investigação jornalística revelou que a escritora Elena Ferrante pode ser a tradutora Anita Raja.
 

 

publicado por Biblioteca às 12:33

Fevereiro 06 2017

 

 

ARTE-DE-AMAR_1014-_B.jpg

O autor

escritor fevereiro.jpg

David Mourão Ferreira foi um escritor e poeta lisboeta. Nasceu em 1927 e faleceu em 1996. Licenciado em Filologia Românica pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa  em 1951, onde mais tarde em 1957 foi professor, tendo-se destacado como um dos poetas contemporâneos do século XX.

Na sua obra, são famosos alguns dos poemas que compôs para a voz de Amália Rodrigues, como Sombra, Maria Lisboa, Anda o Sol na Minha Rua Nome de Rua, Fado Peniche e sobretudo Barco Negro, entre outros.

publicado por Biblioteca às 16:06

Janeiro 16 2017

livro do mês de janeiro.jpg

 Sinopse

O romance que inspirou As Aventuras de Tom Sawyer.
Em 1869, Thomas Bailey Aldrich apresentou à literatura americana o «rapaz mau» - aquele que prega partidas inofensivas, engendra aventuras emocionantes, sofre as penas de um amor não correspondido, que se aborrece aos domingos e de quem a maior parte das pessoas gosta muito. Apesar de se ter tornado familiar sobretudo devido às obras de Mark Twain, a verdade é que foi em A História de um rapaz Mau que este tipo de personagem apareceu pela primeira vez.

 

O Autor

escritor do mês.jpg

 Escritor e jornalista norte-americano, Thomas Bailey Aldrich, nasceu em 1836 e faleceu em 1907.

Foi editor e escritor de contos.Começou a trabalhar em periódocos e revistas a partir dos 13 anos.
Inspirou-se na sua infãncia para escrever a obra A História de um rapaz Mau. 
The Story of a Bad Boy é considerado  o primeiro romance verdadeiramente americano. 

 

 

 

publicado por Biblioteca às 12:27

Dezembro 02 2016

Wook.pt - Cartas a um Jovem Poeta

 

Sinopse

De 1903 a 1908 Rilke enviou um notável conjunto de cartas a um jovem candidato a poeta, sobre a poesia, o amor e a sensibilidade, revelando também, desta forma, a sua relação com a vida e a dificuldade que um espírito sensível tem em sobreviver num mundo duro e implacável.

Cartas a Um Jovem Poeta (1929), agora em edição bilingue posfaciada por José Miranda Justo, reúne dez epístolas publicadas postumamente e enviadas ao longo de cinco anos por Rainer Maria Rilke a Franz Xaver Kappus, um jovem candidato a poeta. Neste compêndio vital sobre o ofício do poeta, a intensidade lírica e a tocante humildade das suas linhas fundem-se sublimemente com as reflexões em torno da criação poética, dando corpo a uma conduta de vida, norteada pelo rigor e pela integridade. Cartas a Um Jovem Poeta perdurarão como uma meditação sobre a posição do poeta no mundo moderno e como uma lição de independência sem concessões, num mundo em que o homem cada vez mais se anula na multidão.

O Autor

Resultado de imagem para Rainer Maria Rilke

O poeta René Maria Rilke nasceu em Praga em 1875 e morreu na Suíça em 1926. Começou a escrever desde muito cedo. Aos 20 anos já tinha publicado 2 livros de poesia e editado um pequeno jornal literário. A sua produção literária conta ainda com cerca de 11.000 cartas, que muitas vezes serviram de tubo de ensaio à criação poética. Estuda filosofia, história da arte, literatura em Praga, Munique e Berlim. 

publicado por Biblioteca às 17:56

Novembro 02 2016

livro de novembro 1.jpg

Sinopse

Naquela manhã de Fevereiro, quando Mia, uma adolescente de dezassete anos, acorda, as suas preocupações giram à volta de decisões normais para uma rapariga da sua idade. É então que ela e a família resolvem ir dar um passeio de carro depois do pequeno-almoço e, numa questão de segundos, um grave acidente rouba-lhe todas as escolhas. Nas vinte e quatro horas que se seguem, Mia, em estado de coma, relembra a sua vida, pesa o que é verdadeiramente importante e, confrontada com o que faz com que valha mesmo a pena viver, tem de tomar a decisão mais difícil de todas. 

A Autora

Gayle Forman

Gayle Forman é uma autora premiada e uma jornalista cujos artigos foram já publicados na Cosmopolitan, Seventeen e Elle, entre outras revistas. Se Eu Ficar foi considerado um dos melhores livros juvenis de 2009 pela Amazon e pela Publishers Weekly e os seus direitos cinematográficos foram adquiridos pela Summit Entertainment. 

 

publicado por Biblioteca às 12:20

Outubro 07 2016

livro de outubro.jpg

 Sinopse

Sonhei com a bicicleta bem colorida, os da minha rua brincavam com ela, o CamaradaMudo ria muito, a AvóDezanove dizia para termos cuidado para não sermos atropelados por nenhum carro e para não atropelarmos mais nenhum bicho, a bicicleta do meu sonho era bem grande e zunia muito, amarela nas rodas, o quadro e o volante eram vermelhos e os para-lamas assim pretos, só que à frente, um pouco abaixo da zona do volante, ninguém ainda tinha visto: a bicicleta tinha uns bigodes iguais aos do tio Rui...
Da mestria incomparável do jovem autor Ondjaki, uma história sem luz elétrica.

O Autor

Ondjaki.jpg

Ondjaki nasceu em Luanda em 1977. Prosador, às vezes poeta. Licenciou-se em Sociologia e é membro da União dos Escritores Angolanos.
Interessa-se pela interpretação teatral e pela pintura (duas exposições individuais, em Angola e no Brasil). Já em Lisboa, fez teatro amador durante dois anos e um curso profissional de interpretação teatral. No ano 2000 recebeu uma menção honrosa no prémio António Jacinto (Angola) pelo livro de poesia Acto Sanguíneo. Participou em antologias internacionais (Brasil e Uruguai) e também numa antologia portuguesa. Co-realizou um documentário sobre a cidade de Luanda (Oxalá Cresçam Pitangas – Histórias de Luanda).
Em 2013, com Os Transparentes, ganhou o Prémio José Saramago, e em 2016, com o mesmo livro, o Prix Littérature-Monde 2016, em França.

 

publicado por Biblioteca às 19:53

Maio 03 2016

livro do mês de maio.jpg

Sinopse

No inverno de 1477, Berardo de Varatojo, padre franciscano estigmatizado, viaja para a distante Thule (Islândia) em busca de respostas para a sua crise de fé. Contudo, acaba raptado por desconhecidos antes de as conseguir encontrar, e os seus captores afirmam ser deuses, os sete destinados a sobreviver a um Crepúsculo dos Deuses de que nunca ouvira falar. Aqueles que Berardo toma por feiticeiros pagãos confessam-se numa encruzilhada, culpando o Deus cristão pelo seu dilema, e, segundo eles, o franciscano é precisamente a chave para a sua salvação, embora ele não consiga sequer conceber como.

O Autor

Tiago Faria.jpg

Filipe Faria nasceu em 1982, em Lisboa. Frequentou a Escola Alemã de Lisboa desde o jardim de infância até completar o 12º ano de escolaridade. O contacto e convívio com aquela cultura de origem germânica, tão diferente da nossa, possibilitou a abertura de novos horizontes. Impulsionado pelo forte interesse demonstrado pelo período negro da Idade Média, e pela descoberta algo fortuita de uma verdadeira relíquia na biblioteca escolar - a Tolkien Bestiary -, cultivou, desde cedo, a paixão pela literatura fantástica. As «Crónicas de Allaryia» assinalam a sua estreia no mundo literário. Em 2001 foi o vencedor do Prémio Branquinho da Fonseca, organizado pela Fundação Calouste Gulbenkian e Jornal Expresso. Em 2002 ganhou o Prémio Matilde Rosa Araújo - Revelação na Literatura Infantil e Juvenil.

publicado por Biblioteca às 12:49

Abril 04 2016

livro do mês de março.jpg

Sinopse

Vivaldo Bonfim é um escriturário entediado que leva romances e novelas para a repartição de finanças onde está empregado. Um dia, enquanto finge trabalhar, perde-se na leitura e desaparece deste mundo. Esta é a sua verdadeira história — contada na primeira pessoa pelo filho, Elias Bonfim, que irá à procura do seu pai, percorrendo clássicos da literatura cheios de assassinos, paixões devastadoras, feras e outros perigos feitos de letras.

O Autor

afonso-cruz.jpg

Afonso Cruz, escritor, ilustrador, cineasta e músico, nasceu na Figueira da Foz, em 1971.

Na literatura, estreou-se com o romance A Carne de Deus, em 2008.

Foi o vencedor português do Prémio da União Europeia para a Literatura em 2012.

Depois de ter sido distinguido com este prestigiado prémio, Afonso Cruz venceu com o seu romance Jesus Cristo Bebia Cerveja a categoria Livro Português do Ano (2012) na primeira edição dos Prémios Time Out Lisboa.

Para além desta obra, editou ainda, em 2012,  o segundo volume da Enciclopédia da Estória Universal, que reúne ficções curtas que remetem para obras e autores inventados.

Estas duas obras juntam-se a um percurso literário que inclui, por exemplo, O Pintor Debaixo do Lava-loiças,

 A Boneca de KokoschkaA Contradição Humana 

 O primeiro volume da Enciclopédia da Estória Universal valeu-lhe o Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco.

O escritor é ainda um dos elementos da banda de blues The Soaked Lamb e ilustrador de vários títulos para a infância.

Os títulos a negrito estão também disponíveis na nossa Biblioteca.

 

 

 

publicado por Biblioteca às 19:26

Março 01 2016

livro onjaki.jpg

Sinopse

Há espaços que são sempre nossos. E quem os habita, habita também em nós. Falamos da nossa rua, desse lugar que nos acompanha pela vida. A rua como espaço de descoberta, alegria, tristeza e amizade. Os da Minha Rua tem nas suas páginas tudo isso.

"Como num filme, sempre me acontecia isso: eu olhava as coisas e imaginava uma música triste; depois quase conseguia ver os espaços vazios encherem-se de pessoas que fizeram parte da minha infância. De repente um jogo de futebol podia iniciar ali, a bola e tudo em câmara lenta, um dia eu vou a um médico porque eu devo ter esse problema de sempre imaginar as coisas em câmara lenta e ter vergonha de me dar uma vontade de lágrimas ali ao pé dos meus amigos.
A escola enchia-se de crianças e até de professores, pessoas que tinham sido da minha segunda classe, da terceira...
Quando alguém me tocava no ombro, as imagens todas desapareciam, o mundo ganhava cores reais, sons fortes e a poeira também."
O Autor

ondjaki.jpg

Ondjaki nasceu em Luanda em 1977. Prosador. Às vezes poeta. Licenciou-se em Sociologia e é membro da União dos Escritores Angolanos.

Interessa-se pela interpretação teatral e pela pintura (duas exposições individuais, em Angola e no Brasil). Já em Lisboa, fez teatro amador durante dois anos e um curso profissional de interpretação teatral. No ano 2000 recebeu uma menção honrosa no prémio António Jacinto (Angola) pelo livro de poesia Acto Sanguíneo. Participou em antologias internacionais (Brasil e Uruguai) e também numa antologia portuguesa. Co-realizou um documentário sobre a cidade de Luanda (Oxalá Cresçam Pitangas – Histórias de Luanda).
Em 2013, com Os Transparentes, ganhou o Prémio José Saramago.

 

 

 

 

publicado por Biblioteca às 17:57

Fevereiro 01 2016

A estrela - conto.jpg

 Sinopse

«Um dia, à meia-noite, ele viu-a. Era a estrela mais gira do céu, muito viva, e a essa hora passava mesmo por cima da torre. Como é que não a tinham roubado? Ele próprio, Pedro, que era um miúdo, se a quisesse empalmar era só deitar-lhe a mão. Na realidade, não sabia bem para quê. Era bonita, no céu preto, gostava de a ter. Talvez depois a pusesse no quarto, talvez a trouxesse ao peito. E daí, se calhar, talvez a viesse a dar à mãe para enfeitar o cabelo. Devia-lhe ficar bem, no cabelo.»

Esta, e outras obras do autor estão disponíveis na nossa biblioteca. 

O Autor

Vergílio Ferreira.jpg

Foto in “O Essencial” Newsletter da RTP

Romancista e ensaísta, nasceu em Melo (Gouveia),na Serra da Estrela, no dia 28 de Janeiro de 1916 e faleceu em Lisboa em 1996. Frequentou o seminário do Fundão e licenciou-se em Filologia Clássica na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. A par do trabalho de escrita, foi professor de Português e de latim em várias escolas do país. 

Inicialmente neo-realista, Vergílio Ferreira rapidamente se deixou influenciar pelos existencialistas franceses como André Malraux e Jean-Paul Sartre, iniciando um caminho próprio a partir do romance Mudança (1949). Notabilizou-se no domínio da prosa ficcional, sendo um dos maiores romancistas portugueses deste século.

Considerado um dos mais importantes romancistas portugueses do século XX, ganhou vários prémios entre eles o Grande Prémio de Romance e Novela da Associação Portuguesa de Escritores por duas vezes, primeiro com o romance Até ao Fim e depois com o romance Na tua Face, e o prémio Femina em França, com o romance "Manhã Submersa".

As comemorações do centenário de Vergílio Ferreira começaram no dia 28 de janeiro e prosseguirão ao longo de um ano, encerrando no dia 28 de janeiro de 2017.

 

publicado por Biblioteca às 16:07

Blog da Biblioteca da Escola Secundária c/ 2º e 3º Ciclos D.João V
Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


Recursos Educativos Digitais
DIIGO
pesquisar
 
Professora bibliotecária
Joana Generoso
Professora responsável pelo blog
Joana Generoso