ENTRE... LIVROS

Setembro 22 2017

 

outono.gif

Aqui fica a CANÇÃO DE OUTONO de Cecília Meireles:

 

Perdoa-me, folha seca,

não posso cuidar de ti.

Vim para amar neste mundo,

e até do amor me perdi.

 

De que serviu tecer flores

pelas areias do chão,

se havia gente dormindo

sobre o próprio coração?

 

E não pude levantá-la!

Choro pelo que não fiz.

E pela minha fraqueza

é que sou triste e infeliz.

 

Perdoa-me, folha seca!

Meus olhos sem força estão

velando e rogando àqueles

que não se levantarão…

 

Tu és a folha de outono

voante pelo jardim.

Deixo-te a minha saudade

– a melhor parte de mim.

Certa de que tudo é vão.

Que tudo é menos que o vento,

menos que as folhas do chão…

 

publicado por Biblioteca às 20:16
Tags:

Setembro 23 2015

Leitura outonal  (ilustración de Magalie Foutrier

Quero apenas cinco coisas...

 

Primeiro é o amor sem fim 
A segunda é ver o outono 
A terceira é o grave inverno 
Em quarto lugar o verão 
A quinta coisa são teus olhos 
Não quero dormir sem teus olhos. 
Não quero ser... sem que me olhes. 
Abro mão da primavera para 
que continues me olhando.

 

Pablo Neruda

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Biblioteca às 17:37

Blog da Biblioteca da Escola Secundária c/ 2º e 3º Ciclos D.João V
Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Recursos Educativos Digitais
DIIGO
pesquisar
 
Professora bibliotecária
Joana Generoso
Professora responsável pelo blog
Joana Generoso
subscrever feeds